Como lidar com a compulsão por doces

Você é daqueles que não resistem a um doce, que sentem uma vontade irresistível de comer algo cheio de açúcar, que se sentem ansiosos e culpados depois de se render à tentação? Se você se identifica com essas situações, você provavelmente tem compulsão por doces.

A compulsão por doces é um transtorno alimentar que se caracteriza por um consumo excessivo e descontrolado de alimentos ricos em açúcar, que gera uma dependência emocional e química. A compulsão por doces pode trazer diversos prejuízos para a saúde física e mental, como obesidade, cáries, diabetes, depressão, baixa autoestima e isolamento social.

Mas como lidar com a compulsão por doces? Existe alguma forma de controlar esse impulso e ter uma alimentação mais saudável e equilibrada? Neste artigo, vamos dar algumas dicas de como lidar com a compulsão por doces, baseadas em evidências científicas e em experiências de pessoas que conseguiram superar esse problema. Vamos lá?

Compulsão por doces: como se livrar desse mal

  1. Identifique as causas da sua compulsão por doces

O primeiro passo para lidar com a compulsão por doces é entender o que está por trás desse seu comportamento. Muitas vezes, a compulsão por doces é uma forma de compensar alguma carência, tristeza, frustração, ansiedade ou estresse. O açúcar ativa o sistema de recompensa do cérebro, liberando substâncias como a dopamina, que geram uma sensação de prazer e bem-estar. Porém, esse efeito é passageiro e logo vem a sensação de insatisfação e culpa.

Procure identificar quais são os gatilhos emocionais que te levam a comer doces de forma compulsiva, e então busque outras formas de lidar com eles. Você pode procurar ajuda profissional, como um psicólogo ou um psiquiatra, que podem te orientar a entender e a tratar as causas da sua compulsão por doces. Você também pode buscar outras fontes de satisfação e de prazer, como hobbies, atividades físicas, música, meditação, leitura, etc.

A compulsão por doces traz prejuízos à saúde e deve ser olhada com atenção.
  1. Modifique os seus hábitos alimentares

O segundo passo para lidar com a compulsão por doces é modificar os seus hábitos alimentares, de forma a diminuir o consumo de açúcar e a aumentar o consumo de alimentos saudáveis e nutritivos. Algumas dicas para isso são:

  • Faça refeições regulares e balanceadas, que incluam proteínas, fibras, carboidratos complexos, vitaminas, minerais e gorduras boas. Esses nutrientes ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, a saciar a fome, a fortalecer o sistema imunológico e a melhorar o humor.
  • Evite pular refeições ou ficar muito tempo sem comer, pois isso pode aumentar a sua fome e a sua vontade de comer doces. Procure fazer de 5 a 6 refeições por dia, com intervalos de 3 a 4 horas entre elas.
  • Evite ter doces em casa ou no trabalho, pois isso facilitar a sua compulsão. Se você tiver vontade de comer um doce, saia e compre apenas uma porção, e não um pacote inteiro. Assim, você evita a tentação de comer mais do que o adequado.
  • Substitua os doces por frutas, que são fontes naturais de açúcar e de outros nutrientes. Você pode comer as frutas in natura, ou fazer saladas, smoothies, sucos, sorvetes, etc. Você também pode adicionar canela, coco ralado, mel, castanhas, etc, para deixar as frutas mais saborosas e nutritivas.
  • Consuma alimentos que ajudam a diminuir a vontade de comer doces, como iogurte natural, ovos, queijo cottage, chocolate amargo, abacate, etc. Esses alimentos são ricos em proteínas, antioxidantes e gorduras boas, que ajudam a equilibrar os hormônios, a controlar o apetite e a melhorar a saúde.
  • Beba bastante água, pois a desidratação pode causar uma falsa sensação de fome e de vontade de comer doces. Beber água ajuda também a eliminar as toxinas do organismo, a melhorar a digestão e a hidratar a pele. Procure beber de 2 a 3 litros de água por dia, e evite bebidas açucaradas, como sucos industrializados, refrigerantes, etc.

Gotinhas naturais que previnem a diabetes e ajudam na perda de peso

  1. Tenha consciência e moderação

O terceiro passo para lidar com a compulsão por doces é estar consciente e ter moderação. Isso significa que você não precisa se privar totalmente de comer doces, mas sim comer com moderação e consciência. Algumas dicas para isso são:

  • Não se culpe ou se puna por comer um doce, pois isso pode gerar mais ansiedade e mais compulsão. Em vez disso, reconheça que você comeu um doce, e que isso não é o fim do mundo. Lembre-se de que você é humano, e que você vai errar e acertar. O importante é não desistir e continuar sempre buscando o seu equilíbrio.
  • Não se recompense ou se premie com doces, pois isso pode reforçar a sua dependência e a sua compulsão. Em vez disso, procure outras formas de se recompensar ou se premiar, como fazer algo que você gosta, comprar algo que você queria, elogiar a si mesmo, etc.
  • Não coma doces por impulso ou por hábito, mas sim por vontade e por prazer. Antes de comer um doce, pergunte-se se você realmente está com vontade, ou se você está comendo por outro motivo, como tristeza, tédio, ansiedade, etc. Se você estiver com vontade, escolha um doce que você realmente goste, e coma com calma e com atenção, saboreando cada pedaço. Assim, você vai se sentir mais satisfeito e menos culpado.
  • Não coma doces em excesso ou em segredo, mas sim com moderação e com transparência. Estabeleça um limite para o seu consumo de doces, e respeite-o. Por exemplo, você pode comer um doce por dia, ou três doces por semana, ou um doce por ocasião especial, etc. O importante é que você tenha um controle sobre o seu consumo e não se esconda ou se envergonhe de comer doces. Você pode compartilhar o seu doce com alguém, ou contar para alguém que você comeu um doce, para ter um apoio e uma responsabilidade.

Leia também: Como prevenir a diabetes

2 thoughts on “Como lidar com a compulsão por doces”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *