Como evitar a ressaca

Como evitar a ressaca? Praticamente todo mundo já acordou com a sensação da dor de cabeça terrível, boca seca, náuseas e mal-estar depois de uma noite de bebedeira. Essa é a famosa ressaca, o conjunto de sintomas que ocorrem quando o corpo tenta se livrar do álcool e de suas toxinas. A ressaca pode variar de leve a severa, dependendo do tipo e da quantidade de álcool consumido, do metabolismo, da alimentação, da hidratação e de outros fatores individuais.

Mas será que existe uma maneira de evitar a ressaca? Em parte, a resposta é sim. Embora não exista uma fórmula mágica que garanta que você nunca mais terá uma ressaca, há algumas medidas possíveis para minimizar os efeitos e se recuperar mais rápido. Veja a seguir algumas dicas de como evitar a ressaca, ou ao menos aliviar seus sintomas.

Como evitar a ressaca: dicas simples e eficazes

Veja dicas de como evitar a ressaca ou minimizar seus efeitos. Imagem: Hardcore

Receitas de sucos detox para limpar seu organismo

  • Beber com moderação é a melhor forma de evitar a ressaca, portanto, não exagere na dose de álcool. O limite seguro para consumir bebida alcoólica varia de pessoa para pessoa, mas, em geral, recomenda-se não ultrapassar uma dose por hora,. sendo uma dose equivalente a uma lata de cerveja, uma dose de destilado ou uma taça de vinho.
  • Por ser diurético, o álcool faz você urinar mais e perder líquidos e sais minerais. Por isso, hidrate-se! É importante beber água antes, durante e depois de consumir álcool, para evitar a desidratação, que é uma das principais causas da ressaca. Outra dica boa é intercalar uma bebida alcoólica com um copo de água ou até de de água de coco.
  • Alimente-se bem. Beber de estômago vazio aumenta a absorção do álcool e os seus efeitos. Antes de sair para beber faça uma refeição equilibrada, que inclui alimentos ricos em proteínas, fibras e gorduras saudáveis, que ajudam a retardar a entrada do álcool na corrente sanguínea. Fuja de alimentos muito gordurosos, condimentandos ou fritos , que podem irritar o estômago e o fígado. Durante a bebedeira, coma petiscos leves, como castanhas, queijos, frutas, castanhas ou queijos. No dia seguinte, opte por alimentos de fácil digestão, como caldos, sopas, caldos, torradas, frutas e verduras.
  • Escolha bem a sua bebida. Nem todas as bebidas alcoólicas são iguais quando se trata de ressaca. Bebidas mais escuras, como vinho tinto, uísque, cerveja, e conhaque, contêm mais congêneres, que são substâncias derivadas da fermentação ou da destilação do álcool e que piora os sintomas da ressaca. Bebidas mais claras, como vinho branco, vodka e gim, contêm menos congêneres e tendem a causar menos ressaca. Também evite misturar tipos diferentes de bebidas ou adicionar refrigerantes ou energéticos, pois aumentam a desidratação e a intoxicação; além de a ressaca ser pior, os riscos para a saúde são grandes.
  • Descanse. O álcool interfere na qualidade do sono, reduzindo as fases mais reparadoras e profundas. Para que o corpo possa se recuperar, durma bem depois de beber. Tente dormir pelo menos oito horas e evite ruídos e luzes que possam atrapalhar o seu descanso. Se possível, tire um cochilo durante o dia.

Seguindo essas dicas, você reduz as chances de ter uma ressaca ou, pelo menos ameniza os seus efeitos. E lembre-se sempre que a melhor forma de evitar a ressaca é beber com responsabilidade e moderação. Quando consumido e excesso, o álcool pode trazer sérios prejuízos para a sua saúde física e mental, além de aumentar consideravelmente o risco de acidentes e violência. Portanto, beba com consciência e respeite os seus limites.

Imagem do topo: Uol

Leia também: Como fazer uma reeducação alimentar


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *