Mitos e verdades sobre pele oleosa

Muitas pessoas têm pele oleosa, mas nem todas sabem como cuidar dela de forma correta. A pele oleosa produz mais sebo do que o normal, o que pode causar brilho excessivo, poros dilatados e acne. Existem muitos mitos e verdades sobre pele oleosa que confundem e prejudicam quem tem esse tipo de pele, por isso neste artigo vamos esclarecer alguns dos principais mitos e verdades sobre pele oleosa, e dar algumas dicas de como manter a pele bonita e saudável.

Mitos e verdades sobre pele oleosa: o que você precisa saber

Mito: pele oleosa não precisa de hidratação

Achar que a pele oleosa não precisa de hidratação é um grande engano, pois essa pele também perde água e precisa de hidratação para manter o equilíbrio e a proteção da barreira cutânea. A falta de hidratação inclusive piora a oleosidade, pois a pele pode produzir mais sebo para compensar a desidratação. É importante usar um hidratante adequado para pele oleosa, que seja leve, oil-free (livre de óleo) e não comedogênico (que não obstrua os poros).

Sugestão: Hidratante em gel Nívea com ácido hialurônico e pepino, R$ 30,00 na Amazon (Compre aqui)

Verdade: pele oleosa precisa de limpeza diária

A pele oleosa realmente precisa ser limpa todos os dias, de preferência duas vezes ao dia, pela manhã e à noite. A limpeza ajuda a remover as impurezas, o excesso de sebo e as células mortas que podem acumular na pele e causar acne. Para limpar a pele oleosa, use um sabonete específico para esse tipo de pele, que tenha ação adstringente, anti-inflamatória e antibacteriana, e que não resseque ou irrite a pele. Além disso, use também um tônico facial após a limpeza, para equilibrar o pH da pele e prepará-la para receber os outros produtos de cuidado.

Mito: pele oleosa não envelhece

Embora a pele oleosa tenda a ter menos rugas e linhas de expressão do que a pele seca, isso não significa que a pele oleosa não envelheça, pois ela também sofre com os efeitos do sol, do estresse, da poluição e de outros fatores que podem acelerar o envelhecimento. É essencial usar um protetor solar diariamente, mesmo em dias nublados, e escolher um que seja adequado para pele oleosa, que tenha toque seco, efeito matte (sem brilho) e FPS (fator de proteção solar) de no mínimo 30.

Sugestão: Protetor solar Expertise antioleosidade Loréal Paris, R$ 30,00 na Amazon (Compre aqui)

Verdade: pele oleosa pode se beneficiar de esfoliação

A esfoliação é um processo que remove as células mortas e as impurezas que podem obstruir os poros e causar acne. Esfoliar ajuda a renovar a pele, a reduzir o brilho, a afinar os poros e a melhorar a absorção dos produtos de cuidado; porém, essa esfoliação deve ser feita com moderação, pois se for feita em excesso ou com produtos muito abrasivos, pode irritar, ressecar e inflamar a pele, e até estimular a produção de sebo. Faça a esfoliação uma vez por semana, usando um esfoliante suave e específico para pele oleosa, e sempre hidratar a pele após a esfoliação.

Estes são alguns dos mitos e verdades sobre pele oleosa que você precisa saber para cuidar melhor da sua pele. A pele oleosa tem suas vantagens e desvantagens, mas com os cuidados adequados você controla a oleosidade, previne a acne e mantem a pele saudável e bonita. Esperamos que tenha gostado deste artigo e que ele tenha sido útil para você. Até a próxima!

Leia também: Cremes anti idade funcionam?

*Valores sujeitos à alterações

Imagem do topo: UOL

1 thoughts on “Mitos e verdades sobre pele oleosa”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *