Cremes anti idade funcionam?

Conhecidos e populares a muito tempo, os cremes anti idade são produtos cosméticos que prometem combater os sinais do envelhecimento da pele, como rugas, flacidez, perda de elasticidade e manchas. Mas será que realmente os cremes anti idade funcionam? Eles podem substituir tratamentos estéticos ou cirúrgicos? E quais serão os melhores cremes anti idade para cada tipo de idade e pele? Essas são algumas das dúvidas que muitas pessoas têm sobre esses produtos, e que vamos tentar esclarecer um pouco neste artigo.

O que são os cremes anti idade e como eles agem na pele?

Os cremes anti idade contêm substâncias que atuam na prevenção e na correção dos sinais de envelhecimento da pele. Essas substâncias podem ser de origem natural ou sintética, e podem agir de várias formas.

  • Estimular a produção do colágeno e da elastina, as fibras responsáveis pela sustentação e elasticidade da pele.
  • Hidratar e nutrir a pele, mantendo-a viçosa, macia e saudável.
  • Proteger a pele dos danos causados por raios solares, poluição e radicais livres, que são moléculas que aceleram o envelhecimento celular.
  • Esfoliar e renovar a pele, removendo células mortas e impurezas e melhorando a textura e a luminosidade da pele.
  • Clarear e uniformizar o tom da pele, reduzindo manchas e olheiras.

Alguns exemplos de substâncias que podem estar presentes nos cremes anti idade são: ácido hialurônico, ácido glicólico, ácido retinoico, vitamina E, vitamina C, resveratrol, niacinamida, coenzima Q10, entre outras.

Quanto mais cedo iniciar o uso, melhor os cremes anti idade funcionam. Imagem: Loreal

Cremes anti idade funcionam? Saiba a verdade sobre esses produtos

Segundo especialistas, os cremes anti idade funcionam sim, porém com algumas ressalvas. Eles podem trazer benefícios para a pele, como melhorar a firmeza, suavizar as rugas, hidratar, proteger, nutrir, esfoliar, clarear e iluminar a pele. Mas esses benefícios têm um limite e dependem de vários fatores, como:

  • O tipo e a qualidade do creme anti idade: escolha um creme que seja adequado para o seu tipo de pele (oleosa, seca, mista, sensível, etc.), e que tenha uma boa formulação, com ingredientes eficazes e em concentrações adequadas. Verifique sempre a procedência, a validade e o registro do produto na Anvisa, para garantir sua segurança e qualidade.
  • A forma e a frequência de uso do creme anti idade: sempre siga as instruções de uso do creme, respeitando o modo, a quantidade e o horário de aplicação. Existem cremes que devem ser usados apenas à noite, assim como outros que devem ser usados apenas de dia, e alguns podem ser usados em ambos os períodos. É importante usar o creme todos os dias, sem interrupções, para que ele possa agir na pele de forma contínua e efetiva.
  • A idade e o grau de envelhecimento da pele: geralmente eles podem ser usados a partir dos 25 anos, como forma de prevenir os sinais do envelhecimento. Porém, quanto mais jovem se inicia o uso, melhores são os resultados. Cremes anti idade podem ter formulações específicas para cada faixa etária, como 30+, 40+, 50+, etc., de acordo com as necessidades da pele em cada fase da vida. Lembre-se que quanto mais avançado for o grau de envelhecimento da pele, mais difícil será reverter os sinais com os cremes anti idade.
  • A associação com outros cuidados e tratamentos: é claro que os cremes anti idade não são suficientes para cuidar da pele sozinhos. Associe-os a outros cuidados, como limpeza, tonificação, hidratação e proteção solar da pele. Os cremes anti idade podem ser complementados com outros tratamentos estéticos ou cirúrgicos, como peelings, toxina botulínica, lasers, preenchimentos, lifting, etc., que podem potencializar os resultados e tratar casos mais severos de envelhecimento da pele.

Portanto, os cremes anti idade funcionam, mas não fazem milagres. Eles melhoram sim a aparência da pele, mas não podem substituir os tratamentos estéticos ou cirúrgicos, nem cuidados diários fundamentais com a pele. Use-os como parte de uma rotina de beleza, que envolve também hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada, prática de exercícios, ingestão de água, sono de qualidade e controle do estresse.

Como escolher o melhor creme anti idade para você?

Para escolher o melhor creme anti idade para você, leve em conta critérios como:

  • O seu tipo de pele: se você tem a pele seca, prefira cremes mais hidratantes e nutritivos, que evitam o ressecamento e a descamação da pele. Se você tem pele oleosa, prefira cremes mais leves e oil-free, que não obstruem os poros e não aumentam a oleosidade. Se você tem pele mista, prefira os cremes que equilibram a hidratação e a oleosidade. Já se a sua pele é sensível, prefira os cremes hipoalergênicos e sem fragrâncias, que não irritam nem causam alergias.
  • A sua idade e o seu grau de envelhecimento da pele: se você está na faixa dos 25 a 30 anos, prefira os cremes que previnem os primeiros sinais do envelhecimento, como linhas finas, perda de luminosidade e a desidratação. Se você tem entre 30 e 40 anos, escolha os cremes que combatem os sinais moderados do envelhecimento, como rugas, flacidez, manchas e perda de elasticidade da pele. Acima dos 40 anos, prefira cremes que tratam os sinais avançados do envelhecimento, como rugas profundas, flacidez intensa, manchas acentuadas e perda de volume e contorno da pele.
  • A indicação de uso do creme: para usar o creme durante o dia, prefira os que têm fator de proteção solar (FPS),pois eles protegem a pele dos raios solares e evitam o envelhecimento precoce. Para usar o creme durante a noite, escolha os que têm ativos que estimulam a renovação celular, que aproveitam o período de descanso da pele para agir de forma mais eficaz. E para usar o creme em ambos os períodos, opte pelos que têm uma formulação mais versátil, que hidrata, protege e nutre a pele ao longo do dia.
  • O custo-benefício do creme: os preços dos cremes anti idade variam, dependendo da marca, da formulação, da embalagem e da quantidade. Por isso mesmo é importante avaliar o custo-benefício do creme, comparando a qualidade, a eficácia e a durabilidade do produto com o seu preço. Considere também o seu orçamento e as suas expectativas em relação ao creme, para escolher o que melhor se adapta à sua realidade.
Sugestão: Nivea Creme facial antissinais Expert Lift, R$ 41,00 na Amazon (Compre aqui)

Esses são alguns dos critérios que podem ajudar a escolher o melhor creme anti idade para você. Mas lembre-se que, antes de comprar e usar qualquer produto, o ideal é consultar um dermatologista, que é o profissional capacitado para avaliar a sua pele e indicar o creme mais adequado, além de acompanhar os resultados.

Leia também: Motivos para usar protetor solar todos os dias

*Valores sujeitos à alterações

Imagem do topo: Adcos

2 thoughts on “Cremes anti idade funcionam?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *