O que fazer ao encontrar um nódulo na mama?

Descobrir um nódulo na mama pode ser uma situação muito assustadora para as mulheres, pois logo vem à mente a possibilidade de um câncer. No entanto, é importante saber que nem todo nódulo na mama é maligno, e que existem várias e diversas causas possíveis para esse problema.

Hoje vamos explicar o que é um nódulo na mama, quais são as suas principais causas, tipos e características, e o que você deve fazer caso encontre um. Acompanhe!

O que é um nódulo na mama?

Um nódulo na mama é uma formação palpável que pode ser detectada através do autoexame ou de exames de imagem, como mamografia ou ultrassom. Os nódulos podem variar em tamanho, forma, textura e consistência, e podem estar associados a outros sintomas, como secreção, dor, vermelhidão ou alteração da pele.

Quais são as causas de um nódulo na mama?

A maioria dos nódulos na mama é benigna, ou seja, não representa um risco de vida ou de se tornar um câncer. Algumas das causas mais comuns de nódulos benignos são:

  • Alterações hormonais: o ciclo menstrual, a gravidez, a menopausa e o uso de medicamentos hormonais podem provocar mudanças na estrutura e na função das glândulas mamárias, e isso pode levar ao aparecimento de nódulos que costumam ser temporários e variar de acordo com o período do mês.
  • Cistos simples: são bolsas cheias de líquido que se formam dentro da mama, geralmente em mulheres na fase reprodutiva. Os cistos podem ser únicos ou múltiplos, e podem diminuir ou aumentar de tamanho conforme as oscilações hormonais. Eles costumam ser macios e móveis ao toque, e podem causar desconforto ou sensibilidade na região.
  • Fibroadenomas: são tumores sólidos compostos por tecido fibroso e glandular, que se desenvolvem principalmente em mulheres jovens. Eles têm uma forma arredondada, uma superfície lisa e uma consistência firme, e podem se mover pela mama. Eles não costumam causar dor ou outros sintomas, e raramente se tornam malignos.
  • Lipomas: são acúmulos de tecido gorduroso que podem surgir em qualquer parte do corpo, incluindo a mama. Eles são benignos e não têm relação com o câncer. Eles se apresentam como nódulos moles e indolores, que também podem se deslocar pela mama.

Quando um nódulo na mama pode ser câncer?

O câncer de mama é uma doença que se origina a partir de células anormais que se multiplicam de forma descontrolada e invadem os tecidos adjacentes. O câncer de mama pode se manifestar como um nódulo na mama, mas nem todo nódulo é câncer.

Alguns sinais que podem indicar um nódulo maligno são:

  • Nódulo duro, irregular e fixo na mama ou na axila;
  • Alteração do tamanho, da forma ou da simetria da mama;
  • Retração ou ulceração da pele ou do mamilo;
  • Secreção sanguinolenta ou transparente saindo pelo mamilo;
  • Vermelhidão, Inflamação ou calor na mama;
  • Presença de gânglios aumentados no pescoço ou na axila.

É importante ressaltar que esses sinais não são exclusivos do câncer de mama, e que alguns casos de câncer podem não apresentar nenhum sintoma. Por isso, é fundamental que você realize todos os exames preventivos periodicamente, e procure um médico sempre que notar alguma alteração nas mamas.

Saiba mais no site Câncer de mama Brasil

O que fazer ao encontrar um nódulo na mama?

Se você encontrar um nódulo na mama, não entre em pânico. Lembre-se de que a maioria dos nódulos é benigna, e que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura do câncer de mama.

O primeiro passo é procurar um médico especialista, como um mastologista ou ginecologista, para realizar uma avaliação clínica e solicitar os exames necessários para confirmar a natureza do nódulo. Dependendo do caso, o médico pode indicar o tratamento mais adequado, que pode incluir drenagem, medicamentos, cirurgia ou quimioterapia.

Além disso, é importante manter hábitos saudáveis, como praticar exercícios físicos, alimentar-se bem, evitar o tabagismo e o consumo excessivo de álcool, e controlar o estresse. Essas medidas podem ajudar a prevenir o câncer de mama e a melhorar a qualidade de vida.

Encontrar um nódulo na mama pode ser uma situação preocupante, mas não significa necessariamente um câncer. Existem diversas causas possíveis para esse problema, e a maioria delas é benigna e não oferece riscos. Mas jamais deixe de procurar um médico para esclarecer as dúvidas e realizar os exames adequados. A prevenção e o diagnóstico precoce são as melhores formas de combater o câncer de mama e garantir a saúde das mamas.

Leia também: Exames de rotina que toda mulher deve fazer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *